UNIESP é condenada a pagar mais de R$50.000,00 á estudante cobrada indevidamente pelo FIES

Para entender melhor: Nossa cliente, Camila Regina Sampaio Leite, atraída pela publicidade de bolsa integral divulgada pela União Nacional das Instituições de Ensino Superior Privadas (UNIESP), efetuou sua matrícula no…

Continuar lendoUNIESP é condenada a pagar mais de R$50.000,00 á estudante cobrada indevidamente pelo FIES

Cliente ganha recurso e consegue revisar seu contrato de empréstimo de acordo com a súmula 472 do STJ

Após cobranças indevidas por empresa, cliente entrou com processo para revisão de contrato. Nosso cliente contratou em meados de 2016 um empréstimo com alienação fiduciária com a empresa CHP para…

Continuar lendoCliente ganha recurso e consegue revisar seu contrato de empréstimo de acordo com a súmula 472 do STJ